ENCONTRE SEU
PLANO DE SAÚDE
EM 30 SEGUNDOS!

ENCONTRE SEU PLANO DE SAÚDE EM 30 SEGUNDOS!

Qual o seu DDD?


ou ver Listas Patrocinadas

Plano de saúde para gestantes

Ninguém dá à luz da noite para o dia, de forma que “planejamento” é palavra de ordem quando falamos de gestações. Um plano de saúde para gestantes é fundamental para manter a saúde da futura mamãe em dia e evitar que ela atravesse transtornos e preocupações desnecessárias. Saiba tudo sobre plano de saúde para gestantes no Planodesaudenota10.com.br!

viverunimed.com.br

viverunimed.com.br

O período de gestação é um dos mais importantes na vida da mulher e requer uma série de importantes cuidados para garantir uma gravidez tranquila e que o bebê venha ao mundo com boas condições de saúde. É necessário ter a consciência de que serão necessários diversos tipos de exames e procedimentos médicos para garantir uma gravidez tranquila e, para evitar quaisquer tipos de aborrecimentos relacionados a médicos, filas e consultas, um plano de saúde para gestantes é um investimento a ser levado em conta.

Carência de plano de saúde para gestantes

“Carência” nada mais é do que o intervalo de tempo entre a assinatura do contrato de plano de saúde durante o qual o cliente não poderá usufruir dos serviços contratados. Em relação à utilização de planos de saúde para cobertura de procedimentos de gravidez, a Lei de Planos de Saúde estabelece 300 dias (10 meses) de carência, impedindo, assim, que mulheres já grávidas contratem um plano de saúde no curso da gestação para realizar os procedimentos necessários.

Assim, levando em consideração os inúmeros cuidados necessários durante a gravidez, bem como os diversos tipos de exames e intervenções necessárias, o plano de saúde para gestantes deve ser encarado como uma etapa do planejamento familiar: se a família pretende ter um filho e irá traçar um plano para isso, é importante considerar o prazo legal de 10 meses de carência, contratar o plano de saúde com a cobertura para gravidez e, só então, partir para os “finalmentes”.

Insira o bebê no seu plano de saúde em 30 dias

Após o nascimento, é necessário solicitar a inclusão do recém-nascido como dependente no plano de saúde para gestantes em um prazo de 30 dias (contados a partir do nascimento). Assim, a empresa de plano de saúde não pode exigir qualquer prazo de carência, mas se a inclusão for solicitada após esses 30 dias, a empresa já pode colocar uma série de empecilhos para atender o seu bebê, o que não é recomendado, já que um recém-nascido precisa de muitos cuidados especiais.

Tipos de cobertura

Na hora de contratar um plano de saúde para gestantes, é importante fazer uma pesquisa para ter ciência das coberturas oferecidas por cada empresa. Cada empresa e cada plano podem oferecer pacotes distintos de cobertura, como:

  • Cobertura hospitalar: internações e procedimentos em hospitais;
  • Cobertura ambulatorial: consultas médicas, exames e tratamentos em ambulatório;
  • Cobertura obstétrica: pré-natal, assistência ao parto e puerpério.

É indispensável ter ciência da cobertura oferecida pelo plano de saúde, pois você não irá querer ter dores de cabeça quando precisar do plano de saúde para gestantes. Como nós dissemos, é importante que durante o período de gestação a futura mamãe tenha o mínimo de aborrecimentos e preocupações possível, e um plano de saúde para gestantes eficiente pode garantir a segurança e tranquilidade necessárias para um parto tranquilo e um bebê saudável.

Um Comentário

Plano de Saúde

Olá,

Ótimo artigo, foi muito bom entender exatamente os cuidados necessários e a importância do plano de saúde nessa época tão importante da vida.

Att

Fechado para comentários.